Exposições Antigas

Março / Abril 2013

” ...Quanto a esta última série de trabalhos ( Constructiones in Monasterio ), parece-me óbvia a continuidade dos espaços (teatrais) acima referidos e da luz (teatral e museológica) assim como a ideia de suspensão. Para além disso posso referir que esta série sofreu uma alteração no que concerne à técnica: todos os quadros são pintados a óleo, o que implicou não só uma pesquisa de materiais para adequar ao que vinha fazendo até então em acrílico, como influenciou novos resultados pictóricos, especialmente matéricos, e novas descobertas! Para além disso julgo estar-se a desenhar um novo caminho que algumas pinturas denunciam, as quais podem ser percursoras de novas figurações e até aproximações ao real: refiro-me à natureza-morta.

Não é por acaso que evoluí em novas direcções e descobertas olhando também para os trabalhos anteriores. Percebi que necessitava dessa coerência para dar sentido não a projectos de pintura, mas a um só projecto de pintura com uma dinâmica evolutiva assente num todo que se vai construindo por partes, como os capítulos de um romance.

 

Nota: A partir da série Constructiones ( in Palatio, in Ecclesia, in Monasterio.. ) passei a incluir no meu processo criativo a visita a determinados monumentos do nosso património cultural, para deles extrair o que mais me seduz do ponto de vista estético e histórico. Recolho nesses espaços a matéria prima para depois a trabalhar ou recriar em atelier. Para já, e desde Constructiones in Palatio, tem sido a azulejaria o meu foco de interesse.

Nesta exposição  Constructiones in Monasterio esse espaço foi o do Mosteiro de Santa Cruz em Coimbra., cidade onde agora são apresentados.”

Gil Maia

Constructiones in Monasterio – Gil Maia

Março / Abril 2013 ” ...Quanto a esta última série de trabalhos ( Constructiones in Monasterio ), parece-me óbvia a continuidade dos espaços (teatrais) acima referidos […]

Arte de Bolso mod. 2012

Dezembro 2012 a Fevereiro 2013

Estruturas – Carlos Barão e Filipe Marques

Maio / Junho 2012 ESTRUTURAS Sob este título abrigam-se duas exposições individuais de pintura, de Filipe Marques e Carlos Barão. Como denominador comum encontrado entre ambas, o […]

Ases & Trunfos 2016 – Acervo aberto

Exposição colectiva de artistas consagrados,  com acervo aberto. Verão 2016 - Julho a Setembro Veja aqui o catálogo:

(A Suivre) – Miguelangelo Veiga

Março / Abril 2011 Sobre o ultimo grupo de trabalhos realizados  entre 2010 e 2011, o processo adoptado resulta da evolução natural dos trabalhos anteriores. (A […]

Em Trânsito – Carlos Barão

  Janeiro / Fevereiro 2011 «Carlos Barão tem sabido mergulhar nos processos de auto-reconhecimento, trazendo para suportes convencionais as linhas, arabescos, formas indecifráveis, objectos comuns que parecem apresentar […]

Nós entre imagem e palavra

Dezembro 2010 / Janeiro 2011 Pintura. Se num suporte for pintada uma árvore ou um braço, a pintura tem representada uma árvore, um braço; mas não […]

Acção Fenix 2.0 e instalação de Silvestre Pestana

Outubro 2010  

Areias Movediças – Pedro Valdez cardoso

Outubro 2010 A instalação “Areias Movediças”, de Pedro Valdez Cardoso, recria uma paisagem pantanosa integralmente realizada em lona militar, onde habitam elementos do mundo natural - […]

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com