Eduardo Batarda
28 Janeiro, 2017
Julião Sarmento
7 Março, 2017
Voltar

Susanne Themlitz

7 Março, 2017
Susanne themlitz_2007- The vertebral & the invertebrate

Susanne Themlitz – The vertebral & the invertebrate II

Artista: Susanne Themlitz Título: The vertebral & the invertebrate II Dimensões: 42x30cm Data 2007 Técnica: grafite, aguarela e pastel de óleo sobre papel

SOBRE:

Lisboa, 1968

Vive e trabalha em Colónia, Alemanha. Uma seleção das suas exposições individuais mais recentes inclui: Respiração. Pausa – entre dois pontos, Vera Cortês Art Agency (Lisboa, 2016); Ese Paciente Laberinto, Galería Ángeles Baños (Badajoz, 2015); Le loir est rendormi, Galerie Houg (Paris, 2015); Drei Zeichnungen und ein Wesen, Galerina Steiner (Berlim, 2012); Entre el Tiempo, Museo de Arte Moderno y Contemporáneo (Santander, 2010); 4 Containers, 1 Drawing and One Landscape / On Board of Victor Hugo, P28 (Lisboa, 2010).

Da sua participação em exposições coletivas destaque para: Arquipélago, Centro de Artes Contemporâneas (Açores, 2015); Museo de Huelva (2015); Alligators all Around, Kunstraum (Düsseldorf, 2015), Museu de Arte Contemporânea de Elvas (2014); Culturgest (Lisboa, 2013); Galerie Martina Kaiser (Colónia, 2013); Fundação Hans-Peter-Zimmer (Düsseldorf, 2012); Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa, 2012); Museu Coleção Berardo (Lisboa, 2010); Centro Cultural de Belém (Lisboa, 2007); Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa, 2004).

O seu trabalho está representado em várias coleções, tais como: Fundação Calouste Gulbenkian, Coleção EDP, Museu Bordalo Pinheiro, Fundação Carmona e Costa, Câmara Municipal de Lisboa, Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Museu de Serralves, MEIAC Badajoz, Museo de Arte Moderno y Contemporáneo de Santander.

O imaginário narrativo surrealizante das figuras, objetos, desenhos e instalações que realiza tem trazido à sua obra uma forte componente onírica e a inquietante estranheza de seres mutantes e insólitos. Por vezes a pintura abstrata acrescenta à ocupação do espaço, uma dimensão estética desviante e forte. O texto escrito subjaz, nalguns casos, como os próprios títulos, a um universo de efabulação prévio e paralelo muito determinante.

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com