Fernando Calhau
8 Setembro, 2016
João Jacinto
1 Dezembro, 2016
Voltar

Pedro Chorão

16 Novembro, 2016
pedro-chorao_chegada_a_quinta-1994

Pedro Chorão – Chegada à quinta

Artista: Pedro Chorão Título: Chegada à quinta Dimensões: 54x75cm Data: 1994 Técnica: óleo sobre tela

SOBRE:

Pedro Chorão nasceu em Coimbra, em Portugal, em 1945.

O seu primeiro interesse foi a biologia onde foi estudar em Liverpool no North-East Liverpool Technical College de 1963 a 1967. Foi lá que ele se inspirou para começar a pintar, admirando os artistas pop britânicos do momento que penduravam nas paredes da biblioteca pública que ele frequentava diariamente. Em seguida, mudou-se para Paris e estudou história de arte e arqueologia na École du Louvre e École Pratique des Hautes Études (Sorbonne) e neste momento ele começou a pintar com seriedade.

De 1968 a 1972 completou 4 anos de serviço militar obrigatório; 2 anos em Portugal e 2 anos em Cabo Verde. De regresso da África, concluiu o seu Mestrado em Pintura na Universidade de Lisboa (Faculdade de Letras).

Retornou então a Paris com uma bolsa concedida pela Fundação Gulbenkian (Pintura) de 1976 a 1978. Mais tarde, recebeu uma nova bolsa da mesma fundação para pintar em Lisboa de 1987 a 1989.

Prémios:

- AICA (Associação Internacional de Críticas de Arte) pelos críticos de arte Dore Ashton, René Berger e Sílvia Chicó.

- III Exposição de Belas Artes, Fundação Gulbenkian, 1987

- Bicentenário do Ministério das Finanças, 1988

- Bienal de Lagos, 1990

- Banco BANIF, 2003

 

Trabalhos públicos:

- Tapeçaria (12 metros quadrados) para o Banco CGD

- Mural em azulejos (220 metros quadrados) na cidade de Covilhã, (Portugal), 2004

 

Está representado nas principais Colecções Nacionais e Museus de Lisboa e Porto.

 

Ilustração:

Capas para vários livros de poesia e para "Pour un Morale de L'Ambiguité", Simone de Beauvoir, Éditions Gallimard, Paris.

 

Exposições individuais:

Cerca de 50 (de 1975 a 2014)

 

Exposições colectivas:

Cerca de 119 (de 1972 a 2009) em Portugal, Caracas (Venezuela), Paris, Lund / Suécia (Museu de Arte Moderna), Belgrado, Lyon, Açores, Madri, Niterói e Tóquio.

 

Bibliografia:

Duas monografias (1983 e 2009). Centenas de artigos dos principais críticos de arte portugueses.

 

Fonte: http://www.pedrochorao.net/

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com