Catarina Lira Pereira
5 Julho, 2017
João Teixeira
26 Setembro, 2017
Voltar

João Moreira

28 Julho, 2017

João Moreira – Vai a pique

Artista: João Moreira Título: Vai a pique Dimensões: 70x70cm Data: 2007 Técnica: óleo sobre tela
28 Julho, 2017
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

João Moreira – Sem título

Artista: João Moreira Título: Sem título Dimensões: 40x40cm Data: 2008 Técnica: óleo sobre madeira

SOBRE:

João Moreira é natural de Lisboa (1962). Frequentou o ARCO – Centro de Artes e Comunicação Visual e a Sociedade Nacional de Belas Artes, onde foi aluno de Rolando Sá Nogueira.

Foi, durante três anos, monitor de artes plásticas no projeto “Dar à Costa” integrado no “Programa Escolhas”, programa governamental de âmbito nacional, integrado no Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intergeracional.

Atualmente trabalha voluntariamente dando aulas de desenho e pintura no bairro das Terras da Costa da Caparica.

Expõe desde a década de 80. Os seus trabalhos estiveram patentes, maioritariamente, na zona da Grande Lisboa, nomeadamente, na Galeria Novo Século, Fundação Calouste Gulbenkian, Galeria Altamira, Galeria 102, Fórum de Arte Contemporânea, Galeria Miron-Trema, Galeria REVERSO, Feira de Arte Contemporânea (FIL, 1999), Galeria Trema Arte Contemporânea, Galeria Pedro Serrenho, Galeria Artelheiras, Casino da Trafaria, Biblioteca da E.B.1 de Vale Rosal, Café Fórum Romeu Correia (Almada) e Espaço Cultural das Mercês.

Marcou presença na Bienal da Festa do Avante (Lisboa, 1981,1983 e 1985) e na Bienal de Arte de Vila Nova de Cerveira (edições de 1982 e 1984). Ainda a Norte, os seus trabalhos passaram pela Cooperativa Árvore (Porto), Galeria Espaço EVOLUTIS (Porto), Feira das Artes (Braga), Feira de Arte Contemporânea (EXPONOR, Matosinhos) e pelo Museu Municipal Amadeu Sousa Cardoso (Amarante).

Coimbra é a terceira cidade da região Centro que acolhe a obra de João Moreira, depois de ter passado pela Casa Museu Almeida Moreira (Viseu) e pelo Museu Municipal Dr. Santos Rocha (Figueira da Foz). Mais a sul, ainda, expôs na Casa das Artes (Tavira), no Museu Municipal de Estremoz e na IV Bienal da Vidigueira (2012).

A ilha da Madeira acolheu os trabalhos de João Moreira na exposição coletiva patente na Secretaria Regional de Turismo e Cultura, em 1989. Em 1994 expôs individualmente na Galeria FUNCHÁLIA (Funchal) e esteve presente na MARCA 2000, Feira de Arte (Funchal).

A internacionalização do artista aconteceu no ano de 2003, com a presença da sua obra na “Europa Art Languases” (Milão).

Executou, em 2010, um mural de 2,50m x 5,00m no “Bar OitoNove”, no Bairro Alto (Lisboa) e concebeu o projeto “H2O”, azulejos decorativos para revestimentos, da empresa “Revigrés”.

Nos últimos quatro anos, participou na coletiva “Até as Árvores são sonhos”, dedicada à galerista Ana Isabel Rodrigues (Galeria Reverso, Lisboa) e na exposição individual “SóSabão” (Viseu), em 2014. Levou os seus trabalhos à livraria “Lerdevagar” (LX Factory, em 2015) e integrou, em 2016, uma exposição coletiva na Galeria Sete (Coimbra). O ano em curso assinala a passagem do artista plástico pela Galeria da Junta de Freguesia de Cascais, com uma exposição individual.

Está representado em colecções particulares no Governo Regional da Madeira, no Boston Consulting Group (Lisboa), Copicanola (Lisboa) e no Hotel Villa Rica (Lisboa).

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com