Álvaro Siza Vieira
15 Julho, 2016
Jorge Vieira
18 Julho, 2016
Voltar

Gerardo Burmester

15 Julho, 2016

Gerardo Burmester – Paisagem

Artista: Gerardo Burmester Título: Paisagem Dimensões: 32x24cm Data: 2001 Técnica: desenho sobre veludo

SOBRE: 

Gerardo Burmester (Porto, 1953)
Vive e trabalha no Porto.

Inicia a apresentação do seu trabalho na segunda metade da década de 70, desenvolvendo várias acções performativas e configurando uma obra pictórica que associa referências neoromânticas à crítica irónica da condição da pintura e dos seus temas na situação portuguesa e internacional do momento.
A obra de Burmester revela-se hoje como uma das mais significativas do contexto da arte contemporânea portuguesa, dentro da geração de artistas que surgiu na década de 80, tendo sido um dos artistas conceptuais de maior relevo da década de 70, e realizado instalações de flagrante originalidade estética e experimental.
Foi membro do Grupo Puzzle e fundou e dirigiu em 82, com Albuquerque Mendes, o Espaço Lusitano, no Porto.
Em finais da década de 80, a obra de Burmester passa a utilizar o objecto e a instalação espacial como propostas de um teatro dos lugares por ela reinventados, aproximando e distanciando o espectador em jogos de sedução visual tão atractivos quanto frios no perfeccionismo intocável dos materiais utilizados: madeira folheada, alumínio polido, feltro industrial.
Actualmente, o artista apresenta um conjunto de elementos coloridos de alumínio polido cujos volumes pontuam o lugar num itinerário que tanto reflecte a imagem do espectador como sublinha a exterioridade deste em relação ao alinhamento
daqueles no espaço.
Peças de consideráveis dimensões assinalam outro novo elemento de pesquisa: o acrílico e as suas potenciais “transparências”.

Frequentou a Escola Superior de Belas-Artes do Porto (1973-74).
Viveu e trabalhou em Paris de 1975-78.
Fez parte do Grupo Puzzle de 1977-80. Fundou e dirigiu com Albuquerque Mendes a Associação / Galeria Espaço Lusitano, no Porto.

Exposições Individuais (selecção):
2012 - "2011, Alguns Trabalhos Revisitados" Galeria Fernando Santos, Porto
2009 - "2006/2008" Galeria Fernando Santos, Porto
2008 - “As cores não dizem nada” – Centro de Arte Contemporânea de Bragança “Intransmissibilidades” – Galeria Trem – Faro
2007 - “O frio aumenta com a claridade”, Galeria Fernando Santos, Porto; - “O Império do Aborrecimento, Parte II”, Espaço Oficina – Galeria Fernando Santos, Porto; - “O frio aumenta com a claridade”, Galeria Fernando Santos, Lisboa
2003 - “Colagens”, Galeria Cordeiros, Porto
2000 - “Arrogância”, Galeria Thomas March, Valência
1999 - “Arrogância”, Galeria Pedro Oliveira, Porto
1998 - “Gerardo Burmester”, Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, Porto; - “Vinho, Pão e Água”, Teatro Nacional S. João, Porto
1997 - “Intenções”, Galeria Pedro Oliveira, Porto
1996 - “Sem nunca acabar coisa alguma”, Galeria Fio-de-Prumo, Porto
1995 - “Centro”, Galeria Pedro Oliveira, Porto
1994 - “Registos”, Galeria Alda Cortez, Lisboa; - “Sobre o Desenho”, Alda Cortez, Lisboa
1993 - “Contaminações”, Galeria Pedro Oliveira, Porto
1992 - “Arquipélagos Vermelhos”, Galeria Pedro Oliveira, Porto
1991 - “Amadeo”, Museu Municipal Amadeo Souza-Cardoso, Amarante (com Albuquerque Mendes) Galeria Pedro Oliveira, Porto
1990 - “Reencontro II”, Galeria Pedro Oliveira, Porto
1989 - “Transmutações”, Galeria Roma e Pavia, Porto; - “Gleich und Gleich”, Galeria Diferença, Lisboa; - “Reencontro”, Galeria Alda Cortez, Lisboa
1988 - "1985-1987”, Cooperativa Árvore, Porto
1984 - “Portugal é um país bem porreirinho”, Galeria Leo, Lisboa
1982 - “Mitos Portugueses”, Cooperativa Árvore, Porto ; - “Pintores”, Galeria Roma e Pavia, Porto  1983; - “Portugal é um país bem porreirinho”, Espaço Lusitano, Porto; - “Diagonal”, Espace Critique, Paris
1981 - “O Império do Aborrecimento”, Galeria Roma e Pavia, Porto
1980 - “Paisagens”, Galeria do Diário de Notícias, Lisboa; - Fundação Eng. António de Almeida, Porto
1979 - “Rupturas”, Fundação Eng. António de Almeida, Porto

Exposições Colectivas (selecção):
2015 - Group Show – Artistas da Galeria, Galeria Fernando Santos, Porto; - “Diálogos com as Obras do Museu Bienal de Cerveira”, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa
2014 - “Exposição 93”, Centro Galego de Arte Contemporánea, Santiago de Compostela
2013 - “Coleção de Serralves: Obras Recentes”, Fundação de Serralves, Porto
2010 - Look Up Porto Art Show (Reitoria da Universidade do Porto e Atelier Paulo Lobo)
2001  - “A Experiência do Lugar – Arte e Ciência”, Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura, Instituto de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Porto, Porto ; - “Citações / Situações”, Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura, Galeria da Biblioteca Almeida Garrett, Porto ; - “Arte Portugués Contemporáneo – Argumento do Futuro”, Colecção Mecac – Caja San Francisco, Sevilha ; - “O Sangue Entre o Sonho e o Medo”, Teatro do Campo Alegre, Porto; - “Porto 60/70 – Os Artistas e a Cidade”, Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, Porto ; - “Milano Europa 2000 – Fine secolo. I semi del futuro”, La Triennale di Milano, Milão
2000  - “Anatomias”, Mercado Ferreira Borges, Porto ; - “Enigmas e Anunciações”, Galeria do Bairro Alto, Lisboa
1998 - “Fisuras en la Percepcíon”, 25ª Bienal de Arte de Pontevedra, Pontevedra
1997 - “Linha da Costa – Contemporary Art of Portugal”, Künstlerwerkstatt Lohringerstrasse, Munique ; - “Hors-Texte 49”, Frankfurter Buchmesse, Frankfurt am Main ; - “À Flor da Pele”, Paço dos Duques de Bragança, Guimarães; - “Anatomias Contemporâneas”, Fundição de Oeiras, Oeiras
1996  - “Constelações Afectivas”, Galeria Canvas & Companhia, Porto; - “Visões Partilhadas – Obras de Colecções Particulares de Famalicão”, Fundação Cupertino Miranda, Porto; - “Ecos de la Matéria”, MEIAC Museo Extremaño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo de Badajoz, Badajoz; Real Atarazanaz, Valência
1995 - MEIAC Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo de Badajoz, Badajoz; - “VIII Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira”, Vila Nova de Cerveira; - “40ème Salon de Montrouge ESBAP-FAUP”, Âlfandega do Porto, Porto
1994  - “3ª Biennal Martinez Guerricabeitia”, Universitat de València, Palau dels Scala, Valência; - “Quando o mundo nos cai em cima”, Centro Cultural de Belém, Lisboa; - “Imagens da Família da Arte Portuguesa, 1801-1992”; Museu José Malhoa, Caldas da Rainha; - “Fragmentos para um museu imaginário”, Fundação de Serralves, Porto; - “Gerardo Burmester, Rafael Timomer, Paloma Navares, Robert Meyer”, Galeria António de Barnola, Barcelona; - “Gerardo Burmester, Lluis Hortalá, Begoña Montalbán”, Galeria Xavier Fiol, Palma de Maiorca; - “El Duero Que Nos Une – Arte Contemporáneo Portugués y Castellano-Leonés”, Zamora, Palencia, Sevilha; - “Depois de Amanhã”, Lisboa 94 – Capital Europeia da Cultura, Centro Cultural de Belém, Lisboa
1993  - “Tradición, vangarda e modernidade do século XX Portugués”, Auditório de Galicia, Santiago de Compostela; - “Imagens para os Anos 90”, Fundação de Serralves, Porto; Centro de Exposições e Conferências do Alto Tâmega, Chaves; Culturgest, Lisboa; - “V Bienal de Escultura e Desenho”, Caldas da Rainha; - “Arte Moderna em Portugal – Colecção de Arte da Caixa Geral de Depósitos”, Culturgest, Lisboa
1992 - “Sortilégios”, 1as Jornadas de Arte Contemporânea, Alfândega do Porto, Porto; - “Fundação de Serralves – Um Museu Português”, Expo 92, Pavilhão de Portugal, Sevilha; - “100 Anos de Arte no Porto”, Cooperativa Árvore, Porto; - “10 Contemporâneos”, Fundação de Serralves, Porto
1991; - “61 Obras de Arte”, Fórum da Maia, Maia; - “Há um minuto que passa”, Fundação de Serralves, Porto; - “Tríptico”, Museum van Hedendaagse Kunst, Antuérpia; - “Contingências”, Casa das Artes, Porto; - “Arte com Timor”, Palácio das Galveias, Lisboa
1990  - “Pedro Cabrita Reis, Gerardo Burmester, Nancy Dwyer, Stephan Huber”, Galeria Pedro Oliveira, Porto
1989 - “Bicentenário do Ministério das Finanças, Exposição de Pintura e Escultura do Património da Caixa Geral de Depósitos”, Ministério das Finanças, Lisboa; - “I Encontros Minhotos”, Ateneo, Ourense; - “FAC – II Fórum de Arte Contemporânea” (Cooperativa Árvore), Fórum Picoas, Lisboa; - “Arte e Sábado”, Cooperativa Árvore, Porto; - “Euroarte – Encontro Europeu de Arte”, Galeria Leo, Guimarães
1988 - “Com cobres de fazem sinais dos tempos”, Museu Machado de Castro, Coimbra; - “Tendências dos Anos 80”, Centro de Arte de S. João da Madeira, S. João da Madeira; - “Comemorações dos 25 Anos da Cooperativa Árvore”, Cooperativa Árvore, Porto
1987 - “12 Artistas Contemporâneos”, Hotel Ipanema, Porto; - Obras doadas e cedidas para o futuro Museu Nacional de Arte Moderna, Casa de Serralves, Porto; - Cooperativa Árvore, Porto; - “Obras de uma Colecção Particular”, Casa de Serralves, Porto; - “Com cobre se fazem sinais dos tempos”, Galeria Roma e Pavia, Porto; - “A Galeria Nasoni na Altamira”, Galeria Altamira, Lisboa; - “87 – Timor. Vamos Ajudar!”, Espaço Poligrupo Renascença, Lisboa
1986 - “Arte Portuguesa, Anos 80”, V Bienal de Vila Nova de Cerveira; - Espaço Poligrupo Renascença, Lisboa; - “VII Bienal de Arte de Pontevedra”, Pontevedra; - “AICA ’86 – Philae”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa; - “Um certo aroma surrealista”, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto; - “80 Anos de Arte no Porto”, Pavilhão do F.C. do Porto, Porto; - Galeria dos Milagres, Coimbra
1985 - Galeria EG, Porto; - “As Artes Plásticas em Portugal”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa; - “Künstler aus Nord Portugal”, Wiesloch; - “Seguros”, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto; - “Finisterra”, Galeria Nasoni, Porto
1984 - “Os Novos Primitivos”, Cooperativa Árvore, Porto; - “Figurativo ou Abstracto”, Museu Nogueira da Silva, Braga; - “Pintura Figurativa”, Galeria EG, Porto; - “EIAM ’84 – I Exposição Ibérica de Arte Moderna”, Campo Maior; - “Exposição Nacional de ‘Pequeno Formato’”, Cooperativa Árvore, Porto; - “Arte para as férias”, Galeria EG, Porto; - “Pintor Personagem”, Galeria Roma e Pavia, Porto; - “Um Ano de Galeria”, Galeria Gilde, Guimarães
1983  -“Pintor Personagem”, Fundação Eng. António de Almeida, Porto; - “A História Trágico-Marítima”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Porto; - “I Exposição Nacional de Desenho da Cooperativa Árvore”, Porto; Alternativa 3, Almada; - “A Roupa do Artista”, Espaço Lusitano, Porto
1982- “Arús – I Exposição Nacional de Arte Moderna”, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto; Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa
1982  - “Arte Portuguesa em Chateauroux”, Chateauroux; - “Alternativa 2 – II Festival Internacional de Arte Viva”, Almada; - “III Bienal de Vila Nova de Cerveira”, Vila Nova de Cerveira; - “III Bienal Ibero-Americana de Arte”, Cidade do México; - “Pequeno Formato”, Cooperativa Árvore, Porto; - “Árvore de Natal”, Espaço Lusitano, Porto; - “Bienal de Desenho”, Cooperativa Árvore, Porto; - “Artistas de Oporto”, Faculdad de Bellas Artes, Sevilha
1981  - “Trabalhos sobre Papel”, Galeria Roma e Pavia, Porto; - “Galerias de Lisboa”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Porto; - “II Exposição Colectiva da Árvore”, Cooperativa Árvore, Porto; - “Arte Postal”, XVI Bienal de São Paulo, Pavilhão Armando A. Pereira, São Paulo
1980 - “Arte Portuguesa Hoje”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa; - “Figurações / Intervenções”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa; - “I Exposição Colectiva”, Cooperativa Árvore, Porto; - “Semana Internacional da Arte Actual”, Vila do Conde
1979 - “30e Salon de la jeune Peinture”, Palais de Glace, Paris; - “O Puzzle convida os ex-puzzles”, Sindicato de Seguros do Norte, Porto; - “A Arte e a Criança”, Galeria Jornal de Notícias, Porto
1978 - “29e Salon de la jeune Peinture”, Palais de Glace, Paris; - “Peinture Portugaise Actuelle”, Centre Culturel Communal de Brétigny, Brétigny; - “Grupo Puzzle”, Fundação Eng. António de Almeida, Porto
1977 - “Identidade e Massificação”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa
1976 - “Exposição documental dos III Encontros Internacionais de Arte”, Póvoa do Varzim

Performances:
1987 - “Alternativa 5 – O ângulo recto ferve a 90º”, Festival Internacional de Performance, Discoteca Indústria, Porto
1986 - “Performance arte”, CAM, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa
1985  - “Art is action”, Kassel; - “Perfo-3”, Roterdão; - “Perform’arte – I Encontro Nacional de Performance”, Convento da Graça, Torres Vedras
1984  - “Culture et Révolution: Portugal 10 ans après”, Centre Georges Pompidou, Paris
1983  - “Alternativa 3 – III Festival Internacional de Arte Viva”, Almada; - “IV Bienal de Arte de Vila Nova de Cerveira”, Vila Nova de Cerveira; - Inauguração da “I Exposição Nacional de Desenho da Cooperativa Árvore”, Palácio de Cristal, Porto
1982  - Inauguração da exposição “Pintores”, Galeria Roma e Pavia, Porto; - Inauguração da exposição “Mitos Portugueses”, Cooperativa Árvore, Porto; - Inauguração da exposição de Albuquerque Mendes, Galeria Roma e Pavia, Porto; - “Alternativa 2 – II Festival Internacional de Arte Viva”, Almada; - “Festival de Performance”, Espaço Lusitano, Porto; - Galerie J. J. Donguy, Paris; - “Noite da Performance Portuguesa”, Encontros de Performance, Usine Pali-Kao, Paris; - “Festival de Performance”, Nice; - “Férias no Espaço Lusitano”, Espaço Lusitano, Porto; - “Homenagem a James Joyce”, Cooperativa Árvore, Porto; - Inauguração da exposição “Arús – I Exposição Nacional de Arte Moderna”, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto
1981  - “Alternativa – Festival Internacional de Arte Viva”, Almada; - “Duas Noites de Performance”, Edifício do Chiado, Lisboa
1980  - “Novas Sensibilidades”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa; - “Semana Internacional de Arte Actual”, Vila do Conde
1979  - Grupo Puzzle, “Performance”, Université de Toulouse - Le Mirail, Toulouse; - Grupo Puzzle, “I Symposium International d’ Art Performance”, Lyon
1978  - Grupo Puzzle, “Peinture Portugaise Actuelle”, Brétigny
1977 - Grupo Puzzle, “IV Encontros Internacionais de Arte em Portugal”, Caldas da Rainha; - Grupo Puzzle, “Identidade Cultural, Massificação, Originalidade”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa
1976 - “III Encontros Internacionais de Arte em Portugal”, Póvoa do Varzim

Prémios:
1986
Prémio aquisição da V Bienal de Arte de Vila Nova de Cerveira (Secção de Arte Anos 80)
Prémio Polimaia de Pintura à Cidade do Porto, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto
1995
VIII Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira (Grande Prémio)

Colecções Públicas:
Banco Português do Atlântico, Porto
Caixa Geral de Depósitos, Lisboa
Fundação Eng. António de Almeida, Porto
Fundação Ilídio Pinho, Porto
MEIAC – Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo, Badajoz
Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, Porto
Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, Amarante
Fundação Barrié de la Maza, Corunha, Espanha

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com